O Saber

Walmir da Rocha Melges – Publicado originalmente em 7 de janeiro de 2007

Alguns sabem muito, outros pensam que sabem.

Discorremos hoje sobre o SABER; mas não o saber que tem a somatória do conhecimento, das informações; mas sim do saber que tem significado como a consciência do ser humano.

Thomas é um profissional que gosta de analisar o comportamento humano, muito embora sua formação não seja a psicologia, sociologia ou mesmo a antropologia; mas sim a ciência da contabilidade; aquela que se acostumou a expressar suas informações econômicas e financeiras em um curioso método de débitos e créditos e que preceitua que a cada débito equivale um ou mais créditos de igual valor.

Dentro de suas reflexões já descobriu que o sistema das partidas dobradas utilizado atualmente para expressar a contabilidade contemporânea, que foi proposto e enunciado pelo Frade Luca Paccioli nos portos florentinos perto dos idos de 1600 não foi nenhuma inovação, mas apenas um reflexo da eterna dualidade da vida; do certo e do errado, do branco e do preto, do escuro e do claro; do direito e do esquerdo; do bom e do ruim; do legal e do ilegal; do sagrado e do profano; do bem e do mal.

Assim, Luca Paccioli apenas colocou em termos contábeis o balanço – equilíbrio que deve existir entre a dualidade – e criou as bases do método de contabilização que é utilizado até os dias atuais, por todos os povos da face da terra.

Então Thomaz concluiu que em todas as ações do ser humano, para se conseguir um equilíbrio, tudo deve sempre estar calcado em dois lados; dois universos, que representam tudo aquilo que um indivíduo sabe que sabe (ambiente consciente e inconsciente); com tudo aquilo que ele sabe que não sabe; também relacionado com o consciente e inconsciente.

Desta análise Thomaz já enunciou um estudo; um raciocínio; quiçá uma teoria; a qual demonstra que todos os problemas que ocorrem na vida das pessoas, e das empresas; tem o seu nascedouro da falta de consciência, ou do respeito; das pessoas, em relação ao equilíbrio do saber; mas isto fica para outro momento, bastando agora apenas esta pequena e inicial reflexão.

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados para Walmir Melges | Desenvolvido por Consultoria Marketing - Criação de site

DMCA.com Protection Status

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?